Bem vindo ao Site Brasileiros Muçulmanos - Últimos Artigos: Os limites do livre arbítrio humano - Darwinismo versus o polvo: Um dilema evolucionário - História da criação (parte 2 de 2) - História da criação (parte 1 de 2) - O politeísmo é uma opressão poderosa (parte 2 de 2) - O politeísmo é uma opressão poderosa (parte 1 de 2) - Afirmações Bíblicas confirmam que Jesus não foi crucificado - A psicologia do autocontrole no Islã (parte 2 de 2) - A psicologia do autocontrole no Islã (parte 1 de 2) - Por que os muçulmanos chamam os demais para o Islã? - Tratar convidados da maneira islâmica - Deus: al-Zahir & al-Batin (O Manifesto & O Oculto) - Deus: al-Malik (O Rei) - Unitarianismo (parte 2 de 2) - Unitarianismo (parte 1 de 2) -
Este site tem por objetivo divulgar o Islam, seguindo a Ahlus Sunnah wal Jama'a (Seguidores da Sunnah e a Comunidade), o Islam em sua mais pura forma, o Islam que foi ensinado pelo nosso querido Profeta Muhammad (s.a.w.s) e seguido pelos seus Nobres Companheiros (Sahaba).
História da criação (parte 1 de 2)
  Clique aqui para retornar às Categorias de Artigos

Descrição: A grande história das origens da criação a partir da perspectiva da cosmologia islâmica, reconhecendo que Deus é o Criador de tudo.  O artigo também fala sobre o Trono Magnificente, o Escabelo e a Pena.

Por Imam Kamil Mufti (© 2017 IslamReligion.com)

 

Deus criou tudo


Então, como tudo isso começou?  Deus.  Nada mais.  O Profeta do Islã, que a misericórdia e bênçãos de Deus estejam sobre ele, foi perguntado: "Ó Mensageiro de Deus, onde estava nosso Senhor antes de Ele ter criado Sua criação?" Ele disse: "Não existia nada além Dele, com nada abaixo Dele e nada acima Dele." [1]

Pense o quanto isso é maravilhoso, basicamente nos diz que não há nada além de Deus que seja realmente valioso. A criação precisa de Deus e de nada mais, porque no começo havia Deus e nada mais.

Deus diz no Alcorão:

"Deus é o Criador de tudo e é de tudo o Guardião." (Alcorão 39:62)

Então, tudo além de Deus foi criado por Ele, está sob Seu domínio e a Sua disposição, e Ele fez existir.

Jubair, um contemporâneo do profeta Muhammad descreve a si mesmo, dizendo: "Era um dos maiores inimigos do profeta", e disse "eu o odiava mais do qualquer outro ser humano na face dessa terra", mas então algo estranho aconteceu.  "Uma vez entrei na mesquita e ouvi o profeta recitando versículos da surata at-Toor (Alcorão 52:35-36): "Porventura, não foram eles criados do nada, ou são eles os criadores? Ou criaram, acaso, os céus e a terra? Qual! Não se persuadirão!"

Jubair diz que naquele momento quando o profeta disse isso, mesmo oficialmente não tivesse aceitado o Islã até tempos mais tarde em sua vida, "a fé entrou em meu coração. Soube naquele ponto que não havia maneira alguma de não haver Deus!"

Se você se sentar sozinho e usar o processo de eliminação das possibilidades de como nós e tudo ao nosso redor está aqui, constatará que não há outra forma de explicar, exceto por meio de Deus.

Criação da água, do trono (Arsh) e do escabelo (Kursi)

O Profeta Muhammad disse: "Não existia nada além Dele, com nada abaixo Dele e nada acima Dele. Então Ele criou Seu Trono acima da água." [2]

O profeta nos conta que primeiro havia Deus e nada mais.  Então, Deus criou a água e o Trono (Arsh).  Foram criados independentes de quaisquer anjos e antes da criação dos céus e da terra.  O Profeta Muhammad disse: "Havia Deus e não havia nada além Dele e Seu Trono estava sobre a água. Ele escreveu todas as coisas no Livro (no paraíso) e criou os céus e a terra." [3]

Deus menciona muitas vezes no Alcorão que é o Senhor do Trono Glorioso, porque é uma das primeiras e mais magnificentes de Suas criações.

O Kursi é um Escabelo que é como uma escada para o Trono e Deus está acima do Trono e, ainda assim, nada está oculto Dele.  No versículo mais importante do Alcorão, conhecido em árabe como Ayah al-Kursi, ou o "Versículo do Escabelo", antes de Deus mencionar Seu Escabelo, Ele menciona Seu conhecimento." (Alcorão 2:255).

Somente seu Kursi, o Escabelo, contém todos os céus e a terra sob ele (Alcorão 2:255).  O Profeta Muhammad disse: "O Escabelo em relação ao Trono não é mais que uma aliança de ferro jogada em um deserto aberto sobre a terra." [4] Ibn Abbas disse também que se o Kursi, o Escabelo, abrange todos os céus e a terra, o que dizer sobre o Trono? Não temos nenhuma indicação do quanto o Trono é grande em tamanho e obviamente não podemos estimar a grandeza do próprio Deus.

Deus não está distante. Ele enfatiza ao longo do Alcorão que está conosco onde quer que estejamos.  Na surata al-Hadid (capítulo 57), imediatamente depois de Deus nos dizer que está acima de Seu Trono, Ele nos diz que sabe tudo que acontece na terra e tudo que descende e ascende dos céus. Em resumo, Ele sabe dos menores detalhes de tudo (Alcorão 57:4). Sabemos que Allah está acima de Seu Trono, mas Ele é Onipotente e Seu conhecimento abrange tudo.

Além disso, Deus fala sobre os grandes anjos que carregam o Trono.  São criaturas enormes e magnificentes dentre os melhores anjos de Deus.  No Dia do Juízo, Deus nos diz que haverá oito anjos que carregarão Seu Trono (Alcorão 69:17).  O Profeta disse: "Foi-me permitido falar sobre um dos anjos de Deus, o Todo-Poderoso, que é um dos que carregam o Trono e (contar a vocês) que a distância entre o lóbulo de sua orelha e seu ombro é uma jornada de setecentos anos." (Abu Dawud) Também foi narrado com essas palavras "A distância é (como) a de um pássaro voando por setecentos anos." (Ibn Abi 'Asim)

O que esses anjos estão fazendo?

Deus nos diz que esses anjos que carregam Seu Trono e os que estão ao redor glorificam Seus louvores, creem Nele e pedem perdão pelos que creem.  Oram por eles dizendo: "Senhor nosso, Tu abranges todas as coisas em misericórdia e conhecimento. Perdoai aqueles que se arrependeram e seguiram Teu caminho e proteja-os da punição do Inferno." (Alcorão 40:7)

Estão glorificando a Deus e declarando a perfeição de Deus, para mostrar que Deus é independente do Trono e daqueles que carregam o Trono.  Deus não precisa do Trono e nem dos que carregam o Trono.

A Pena

Depois da criação da água e do Trono, Deus criou a Pena. Quando o profeta diz que Deus criou a Pena, diz que Seu Trono foi estabelecido sobre a água, que havia uma camada de água sob o Trono de Deus.

"Deus ordenou as medidas da criação cinquenta mil anos antes de criar os céus e a terra, quanto Seu Trono estava sobre a água." [5]

Quais são as dimensões da Pena? Como é a aparência dela? Não temos nenhuma ideia.

O Profeta disse: "Deus disse à Pena: ‘Escreva’. Ela disse: ‘Ó Senhor, o que devo escrever?’ Ele disse: ‘Registre os decretos de todas as coisas até a Hora começar.’" [6]

 


Notas de rodapé:

[1] Tirmidhi, Abu Daud. Classificado como sahih por Tabari e hasan por Tirmidhi, Dhahabi e Ibn Taimiyyah

[2] Tirmidhi, Ibn Majah

[3] Saheeh Al-Bukhari

[4] Tafsir Tabari

[5] Saheeh Muslim

[6] Abu Dawud

 

http://www.islamreligion.com/pt/articles/11041/historia-da-criacao-parte-1-de-2/

Hierarquia do Artigo:
Artigos Crenças do Islã História da criação (parte 1 de 2)


Navegação de Artigos:

<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>
Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Meu Amor por Jesus
Nasci católico e como tal fui educado na crença de que o catolicismo era a única religião verdadeira. saiba mais
Ouça o Alcorão
Já está disponível em nosso site o "Nobre Alcorão e seus Significados em Português" saiba mais
Leia o Alcorão
Agora além de poder ouvir a bela recitação do Alcorão, você também pode ler o "Nobre Alcorão" saiba mais
Assista como fazer Oração
Saiba como praticar a oração, desde a ablução, até a recitação do alcorão em árabe. saiba mais
Últimos Vídeos
Divulga Islam
Somos um grupo de muçulmanos brasileiros que trabalha com a divulgação do islam na internet saiba mais

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br Site Brasileiros Muçulmanos © 2009-2017

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones.
Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3

Os materiais postados neste site não refletem necessariamente as visões do Grupo Divulga Islam, o qual não reivindica responsabilidade sobre os artigos contidos neste site, sendo os mesmos de responsabilidade dos seus escritores.

É necessário utilizar o Firefox para este site
voltar ao topo