Bem vindo ao Site Brasileiros Muçulmanos - Últimos Artigos: Capítulo 4, An Nisa (As Mulheres) (parte 3 de 3) - Capítulo 4, An Nisa (As Mulheres) (parte 2 de 3) - Capítulo 4, An Nisa (As Mulheres) (parte 1 de 3) - Capítulo 18 Al-Kahf (A Caverna) (parte 2 de 2) - Capítulo 18, Al-Kahf (A Caverna) (parte 1 de 2) - Capítulo 80, Versículos 33-42: Uma Descrição do Dia do Julgamento - Capítulo 87 Al-A'la (O mais elevado) - Capítulo 89 Al-Fajr (A Alvorada) - Capítulo 88: Al-Ghashiyah (O Evento Assolador) - Capítulo 86 At-Tariq (O Visitante Noturno) - Capítulo 54, Al-Qamar (A lua) - Capítulo 53, An-Najm (A estrela) - Capítulo 71, Nuh (Noé) - Capítulo 21 Os profetas (Al-Anbiya) - Capítulo 73, Al-Muzzamil -
Este site tem por objetivo divulgar o Islam, seguindo a Ahlus Sunnah wal Jama'a (Seguidores da Sunnah e a Comunidade), o Islam em sua mais pura forma, o Islam que foi ensinado pelo nosso querido Profeta Muhammad (s.a.w.s) e seguido pelos seus Nobres Companheiros (Sahaba).
Capítulo 18 Al-Kahf (A Caverna) (parte 2 de 2)
  Clique aqui para retornar às Categorias de Artigos

Descrição: Mais histórias e lições para aqueles que ponderam.

Por Aisha Stacey (© 2018 IslamReligion.com)

 

Versículo 45- 59 Lembretes

https://s1.1zoom.ru/big0/648/419864-Kycb.jpgE dê-lhes um exemplo. A vida desse mundo é como a vegetação que floresce, mas então seca e se desvanece, soprada no vento. Aqui um dia se passa rápido. Sua riqueza e seus filhos são apenas adornos nessa vida, mas suas boas ações detêm a promessa de recompensa eterna. Chegará um dia em que a terra ficará vazia e deserta e toda a humanidade será reunida. Ficarão em filas diante de Deus e seus livros de ações lhes serão apresentados. Algumas pessoas estarão em grande terror porque nada está faltando em seus registros.

Lembre as pessoas sobre quando os anjos se prostraram para Adão. Iblis (Satanás, um dos gênios) estava entre eles e se recusou. Tomar Satanás e sua descendência como Mestres seria um grave erro. Esteja avisado que qualquer coisa que declarar como uma prole ou parceiro a Deus não lhe responderá no Dia do Juízo. Os iníquos verão o fogo e perceberão o que vai acontecer. Não há escapatória.

O Alcorão está cheio de exemplos para fazer as pessoas entenderem, mas a humanidade é belicosa. Chegou a orientação e nada os impede de acreditar. Os mensageiros são enviados para trazer boas notícias e para avisar os povos, mas há aqueles que ironizam e ridicularizam esses avisos. Não há ninguém mais injusto que aquele que é lembrado dos versículos, provas e lições enviados por Seu Senhor, mas se afasta deles e esquece o mal que fez. Terão véus lançados sobre seus corações e seus ouvidos são surdos. Há um tempo designado para sua punição.

Versículos 60 – 82 Moisés e Khidr

Moisés disse que nunca desistiria de viajar até chegar ao lugar designado, mas ele e seu servo esqueceram-se do peixe e perderam a confluência. O lugar em que o peixe foi esquecido era o lugar designado, então se voltaram e encontraram Khidr, o homem que procuravam. Tinha muito conhecimento e Moisés esperava aprender com ele, mas Khidr expressou dúvidas de que Moisés teria a paciência de que precisava.

Partiram em um barco, mas Khidr fez um buraco nele. Moisés esqueceu sua promessa de não questionar Khidr sobre suas ações. Viajaram até que encontraram um menino e Khidr o matou. Mais uma vez Moisés o questionou sobre o porquê de matar uma criança inocente. Khidr lembrou-lhe de sua promessa de não questionar nada. Viajaram até que chegaram a uma cidade onde pediram comida, mas os habitantes se recusaram a ajudá-los ou alimentá-los. Entretanto, Khidr e Moisés repararam uma parede que estava caindo. Moisés disse a Khidr que poderia ter pedido o pagamento para o trabalho, ao qual Khidr respondeu que esse era o fim de seu tempo juntos.

Antes de Moisés partir, Khidr lhe explicou as razões por trás de suas ações. O barco pertencia a pessoas pobres. Havia um rei que estava apreendendo cada barco; se seu barco estivesse defeituoso, seriam capazes de mantê-lo e conservá-lo. Os pais do menino eram verdadeiros crentes e teria crescido para incitá-los à maldade e descrença. Deus planejou substituí-lo por uma criança melhor e mais pura. A parede pertencia a dois órfãos e havia um tesouro enterrado embaixo dele. Seu pai tinha sido um homem justo, e Deus pretendia que o tesouro permanecesse enterrado, seguro dos cuidadores do órfão até que atingisse a maturidade. Khidr disse que não fez essas coisas por sua própria conta, mas estava seguindo o plano de Deus.

Versículos 83 – 102 Dhul Qarnayn

É dito ao profeta Muhammad, que a misericórdia e bênçãos de Deus estejam sobre ele, que quando as pessoas lhe perguntam sobre Dhul [1]Qarnayn, deve contá-las sobre ele. Tinha recebido poder e os meios para realizar muitas coisas importantes. Uma vez em uma expedição, encontrou um grupo de pessoas. Deus lhe disse para puni-los ou mostrar bondade a eles. Dhul Qarnayn escolheu punir os que tinham feito o mal e notou que também seriam punidos uma segunda vez por Deus. Falou gentilmente com os que não estavam fazendo mal.

Então se estabeleceu em outra expedição. Encontrou outro grupo de pessoas para as quais Deus não tinha fornecido nenhum abrigo. E assim foi; viajou até chegar a um ponto entre duas montanhas. Dhul Qarnayn mal conseguia se comunicar com as pessoas lá. As pessoas conseguiram perguntar a ele se podiam lhe pagar para construir uma parede. A parede era para manter fora Gog e Magog que estavam destruindo sua terra. Dhul Qarnayn disse que o que Deus lhe deu era melhor que qualquer tributo que pudessem pagar, mas se lhe fornecessem homens para ajudar, poderia criar uma fortificação.

Preencheram o fosso entre as montanhas com ferro e derramaram cobre derretido sobre ele. Gog e Magog não puderam escalá-lo ou construir um túnel sob ele. Essa é uma misericórdia de Deus, disse a Dhul Qarnayn, mas um dia Deus o nivelará no chão, essa é uma promessa de Deus. Saiba que naquele dia as duas partes, (Gog e Magog) se insurgirão entre si como ondas. Esse é um dos sinais de que o Dia da Ressurreição está próximo. No Dia do Juízo, o inferno será mostrado aos incrédulos, porque pensaram que podiam adotar os servos de Deus como seus Mestres. Descansarão no Inferno.

Versículos 103 – 110 A adoração é por Deus somente

É dito ao profeta Muhammad para dizer às pessoas que quem mais perde, por suas ações, é aquele ou aquela cujos esforços estão perdidos, mesmo que pensem que estão fazendo o bem. Essas pessoas descreem nos versículos e sinais de Deus e negam que jamais estarão diante Dele. Essa descrença torna suas ações inúteis. Tudo que ganharão é o inferno. Por outro lado, aqueles que creem e fazem boas ações se encontrarão nos jardins do Paraíso, onde viverão para sempre e de onde nunca desejarão sair.

Se todos os oceanos fossem tinta para escrita, ela se secaria antes que as palavras dos atributos, grandeza e conhecimento de Deus se exaurissem. Mesmo que outra quantidade de tinta igual fosse adicionada, não seria suficiente. É dito ao profeta Muhammad para dizer que é apenas um ser humano, como todos os outros, e foi revelado a ele que o Senhor Deus é Único. Todos que temem sua reunião com Deus devem fazer boas ações e nunca deixar ninguém ou qualquer outra coisa compartilhar na adoração que é somente para Deus.



Notas de rodapé:

[1]Alguns estudiosos acreditam que seja Alexandre, o Grande, entretanto, o Alcorão não revela sua identidade.

 

https://www.islamreligion.com/pt/articles/11144/capitulo-18-al-kahf-caverna-parte-2-de-2/

Hierarquia do Artigo:
Artigos O Alcorão Sagrado Capítulo 18 Al-Kahf (A Caverna) (parte 2 de 2)


Navegação de Artigos:

<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>
Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Meu Amor por Jesus
Nasci católico e como tal fui educado na crença de que o catolicismo era a única religião verdadeira. saiba mais
Ouça o Alcorão
Já está disponível em nosso site o "Nobre Alcorão e seus Significados em Português" saiba mais
Leia o Alcorão
Agora além de poder ouvir a bela recitação do Alcorão, você também pode ler o "Nobre Alcorão" saiba mais
Assista como fazer Oração
Saiba como praticar a oração, desde a ablução, até a recitação do alcorão em árabe. saiba mais
Últimos Vídeos
Divulga Islam
Somos um grupo de muçulmanos brasileiros que trabalha com a divulgação do islam na internet saiba mais

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br Site Brasileiros Muçulmanos © 2009-2018

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2018 by Nick Jones.
Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3

Os materiais postados neste site não refletem necessariamente as visões do Grupo Divulga Islam, o qual não reivindica responsabilidade sobre os artigos contidos neste site, sendo os mesmos de responsabilidade dos seus escritores.

É necessário utilizar o Firefox para este site
voltar ao topo