Bem vindo ao Site Brasileiros Muçulmanos - Últimos Artigos: A oração do Tarawih - Quando a pessoa em jejum deve quebrá-lo? - As coisas que invalidam o jejum - Algumas Sunnan (atos recomendáveis) sobre jejum - Capítulo 105, Al Fil (O Elefante) - Capítulo 97, Al-Qadr (A Noite do Poder) - Capítulo 94, Ash-Sharh (A Abertura) - Capítulo 96, Al-'Alaq (O coágulo) - Capítulo 104, Al-Humazah (O Difamador) - Capítulo 87 Versículos 9 - 19: Os afortunados ouvem o aviso - Capítulo 92, Al-Layl (A Noite) - Capítulo 85, Al-Buruj (As Grandes Constelações) - Capítulo 82, Al-Infitar (O fendimento) - Capítulo 80, Abasa (O Austero) - Capítulo 81, At-Takweer (O enrolamento) -
Este site tem por objetivo divulgar o Islam, seguindo a Ahlus Sunnah wal Jama'a (Seguidores da Sunnah e a Comunidade), o Islam em sua mais pura forma, o Islam que foi ensinado pelo nosso querido Profeta Muhammad (s.a.w.s) e seguido pelos seus Nobres Companheiros (Sahaba).
A Jornada para a Outra Vida (parte 2 de 8)
  Clique aqui para retornar às Categorias de Artigos
Descrição: Uma descrição da vida no túmulo, para os crentes, entre a morte e o Dia do Juízo.
Por IslamReligion.com (co-author Abdurrahman Mahdi)
Publicado em 09 Mar 2009 - Última modificação em 22 Jun 2010

Visualizado: 2669 (média diária: 5) - Classificação: 5 de 5 - Classificado por: 1
Impresso: 168 - Enviado por email: 1 - Comentado em: 0

Categoria: Artigos > A Outra Vida > A Jornada Após a Morte

O Mundo do Túmulo

Nós agora daremos uma breve olhada na jornada da alma após a morte.  É de fato uma história surpreendente, ainda mais porque é verdadeira e todos nós a empreenderemos.  O conhecimento profundo que temos com referência a essa jornada, sua precisão e detalhes, é um sinal manifesto de que Muhammad foi de fato o Último Mensageiro de Deus para a humanidade.  A revelação que ele recebeu e nos comunicou de Seu Senhor é tão sem ambigüidades em sua descrição da vida futura quanto abrangente.  Nossa rápida análise desse conhecimento começará com uma exploração breve da jornada da alma crente do momento da morte até seu lugar final de descanso no Paraíso.

Quando um crente está para deixar esse mundo, os anjos com rostos brancos descem dos céus e dizem:

“Ó alma em paz, venha para o perdão de Deus e Sua satisfação.” (Hakim e  outros)

O crente ansiará por encontrar seu Criador, como o Profeta, que Deus o exalte, explicou:

“...quando o momento da morte de um crente se aproxima, ele recebe as boas novas da satisfação de Deus e de Suas bênçãos sobre ele, de modo que a partir daquele momento nada é mais querido para ele do que o que está por vir.  Ele, portanto, ama encontrar Deus, e Deus ama encontrá-lo.” (Saheeh Al-Bukhari)

A alma sai do corpo de forma pacífica como uma gota de água que emerge de um recipiente de água. Os anjos a seguram e gentilmente a extraem, dizendo:

“...Não temais, nem vos atribuleis;outrossim, regozijai-vos com o Paraíso que vos está prometido!  Temos sido os vossos protetores na vida terrena e (o seremos) na outra vida, onde tereis tudo quanto anelam as vossas almas e onde tereis tudo quanto pretendeis. Tal é a hospedagem do Indulgente, Misericordiosíssimo!” (Alcorão 41:30-32)

Uma vez extraída do corpo, os anjos envolvem a alma em uma mortalha com perfume de almíscar e ascendem aos céus.  Quando os Portões do Paraíso se abrem para a alma, os anjos a saúdam:

“Uma boa alma veio da terra, que Deus a abençoe e ao corpo no qual costumava habitar.”

...apresentando-a com os melhores nomes com as quais era chamada nessa vida.  Deus ordena que seu “livro” seja registrado e a alma é devolvida à terra.

A alma então permanece em um local de limbo em seu túmulo, o Barzakh, esperando o Dia do Juízo.  Dois temíveis e aterradores anjos chamados Munkar e Nakir visitam a alma para perguntá-la sobre sua religião, Deus e profeta.  A alma crente se senta aprumada em seu túmulo já que Deus a concede a força para responder aos anjos com plena fé e certeza.[1]

Munkar e Nakir: “Qual é a sua religião?”

Alma crente: “Islã.”

Munkar e Nakir: “Quem é o seu Senhor?”

Alma crente: “Allah.”

Munkar e Nakir: “Quem é seu Profeta?” (ou “O que você diz a respeito desse homem?”)

Alma crente: “Muhammad.”

Munkar e Nakir: “Como você tomou conhecimento dessas coisas?”

Alma crente: “Eu li o Livro de Allah (ou seja, o Alcorão) e eu acreditei.”

Então, quando a alma passa no teste, uma voz dos céus gritará:

“Meu servo falou a verdade, o supram com guarnições do Paraíso, o vistam com vestimentas do Paraíso e abram uma porta para ele no Paraíso.”

O túmulo do crente se torna amplo e espaçoso e preenchido com luz.  A ele é mostrada qual seria sua morada no Inferno – se ele tivesse sido um pecador perverso – antes de um portal ser aberto para ele toda manhã e toda noite mostrando sua verdadeira morada no Paraíso.  Atordoado de excitação e cheio de alegria antecipada, o crente continuará dizendo: ‘Quando chegará a Hora (da Ressurreição)?!  Quando chegará a Hora?!’ até que lhe seja dito para se acalmar.[2]



Footnotes:

[1] Musnah Ahmad

[2] Al-Tirmidhi

veja a matéria original em: http://www.islamreligion.com/pt/articles/407/

Hierarquia do Artigo:
Artigos A Outra Vida A Jornada para a Outra Vida (parte 2 de 8)


Navegação de Artigos:

<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>
Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Meu Amor por Jesus
Nasci católico e como tal fui educado na crença de que o catolicismo era a única religião verdadeira. saiba mais
Ouça o Alcorão
Já está disponível em nosso site o "Nobre Alcorão e seus Significados em Português" saiba mais
Leia o Alcorão
Agora além de poder ouvir a bela recitação do Alcorão, você também pode ler o "Nobre Alcorão" saiba mais
Assista como fazer Oração
Saiba como praticar a oração, desde a ablução, até a recitação do alcorão em árabe. saiba mais
Últimos Vídeos
Divulga Islam
Somos um grupo de muçulmanos brasileiros que trabalha com a divulgação do islam na internet saiba mais

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br Site Brasileiros Muçulmanos © 2009-2019

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2019 by Nick Jones.
Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3

Os materiais postados neste site não refletem necessariamente as visões do Grupo Divulga Islam, o qual não reivindica responsabilidade sobre os artigos contidos neste site, sendo os mesmos de responsabilidade dos seus escritores.

É necessário utilizar o Firefox para este site
voltar ao topo